26 maio 2007

MUSEU DE MAGIA DO RJ - XIII CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA

Grupo de Trabalho 25
SOCIOLOGIA DA CULTURA

Título do trabalho
O MUSEU DE MAGIA NEGRA NO IMAGINÁRIO
SOCIAL BRASILEIRO DO COMEÇO DO SÉCULO XX

Nome do Autor
Alexandre Fernandes Corrêa

Resumo
O Museu de Magia Negra no imaginário social brasileiro do começo do século XX

Pesquisa de pós-doc (UFRJ/2005) sobre o imaginário social modernista das primeiras décadas do século XX. Descobriu-se uma trilha fecunda e instigante na biografia e obra do poeta, tradutor, escritor e escultor carioca D. Milano (1899-1991). Ao estudar as condicionantes histórico-culturais que propiciaram o tombamento da Coleção de Magia Negra (IPHAN/1938), encontrou-se um manancial apreciável de dados sobre o pensamento social brasileiro do início do século XX. Especialmente no que se refere aos estudos de uma incipiente sócio-antropologia do mal. A vida e a obra desse intrigante personagem, praticamente desconhecido, revelam aspectos poucos investigados. O estudo buscou um diálogo interdisciplinar nos aproximando dos estudos literários. Essa pesquisa recuperou arquivos da memória literária e da museologia nacional, negligenciados por muitos anos. Através de uma sócio-antropologia dos diferentes olhares sobre a coleção museológica referida, almejou-se aprofundar o trabalho semiológico de uma análise intercultural. A investigação revelou conteúdos significativos do pensamento social brasileiro contribuindo fecundamente para a área da sociologia da cultura.

Referências e Localização do Ensaio Museu Mefistofélico:

Texto Apresentado (Recife): http://www.sbsociologia.com.br/congresso_v02/papers/GT25%20Sociologia%20da%20Cultura/Microsoft%20Word%20-%20SBS_Recife_2007_Texto.pdf

Parte do Ensaio - Revista Mneme (RN):
http://www.cerescaico.ufrn.br/mneme/ed18/183.pdf

O Ensaio Integral - LIIB - ICOMOS Brasil:
http://br.groups.yahoo.com/group/icomos-brasil/files/Museu%20de%20Magia%20-%20RJ/