26 abril 2008

ANTEPROJETO CAMPANHA FOTOS SÃO LUÍS 1962

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

GRUPO DE TRABALHO


UFMA 46 ANOS & SÃO LUÍS 400 ANOS














ANTE-PROJETO

CAMPANHA DE RECUPERAÇÃO DE FOTOS E IMAGENS DAS COMEMORAÇÕES DOS 350 ANOS DE SÃO LUÍS EM 1962

UFMA
SÃO LUÍS/2008

RESUMO


O presente anteprojeto tem o objetivo de promover uma campanha pela recuperação de fotografias e imagens relacionadas as comemorações dos 350 anos de ‘fundação’ da cidade de São Luís do Maranhão, no ano de 1962.

PLANO DE AÇÃO
Este anteprojeto pretende promover um trabalho de pesquisa-ação, no sentido de contribuir para a preservação das imagens de São Luís no século XX. Trata-se de um projeto de salvaguarda de um acervo de fotografias que corre o risco de desaparecimento, caso não venha a ser objeto de resgate concreto e efetivo. Através da pesquisa nos jornais da capital, recolheremos reportagens, crônicas, artigos, imagens e fotografias que recuperem os fatos e acontecimentos ligados as comemorações de 1962. Concomitante a realização do trabalho de pesquisa nos jornais e revistas, vamos promover uma campanha na mídia local (rádio, jornais e TVs) com intuito de resgatar os bens e coleções deste acervo que estejam nas mãos de particulares ou instituições.

PROMOÇÃO & REALIZAÇÃO

Grupo de Trabalho Permanente do Patrimônio Cultural – ABA
Grupo de Pesquisa Patrimônio & Memória – CNPq
Grupo de Estudos Culturais – UFMA
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais – UFMA
Grupo de Trabalho UFMA São Luís 400 Anos – UFMA

JORNAL DO POVO
São Luís, 09 de SETEMBRO de 1962















FOTO da RÉPLICA da NAU de DANIEL de La TOUCHE, desfilando pelas ruas de São Luís, nas Comemorações dos 350 anos de ‘Fundação Francesa’ da Capital.


OBS: Cabe salientar que as Ideias e Projetos, elaborados desde o ano de 2008, não foram contemplados com o apoio declarado; e jamais receberam aporte financeiro de qualquer instância universitária ou de governo. O apoio restringiu-se a uso da sala do CEB/Velho, por parte da Vice-Reitoria, e a entrega de equipamentos de escritório, por parte da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Maranhão (2009). Todas as despesas ocorridas desde então foram pagas pelos membros do GT.

Sem comentários: