21 agosto 2009

Interpol anuncia criação de site para divulgar obras de arte roubadas



A Interpol informou nesta segunda-feira (17) que está colocando na internet toda a sua base de dados de obras de arte roubadas, com o objetivo de combater com mais agilidade o tráfico ilícito de obras de arte e bens culturais.
Aberto a governos, museus, galerias, fundações e colecionadores particulares, assim como autoridades policiais e judiciárias, o site vai fornecer fotografias e detalhes de cerca de 34 mil obras roubadas, com informações atualizadas em tempo real.
De acordo com a divisão francesa da Interpol, os interessados poderão fazer seu cadastro online para acessar gratuitamente as informações sobre os bens culturais roubados em todo o mundo. Até o momento essa base de dados só estava disponível em DVD.
O chefe de departamento de arte da Interpol, Karl Heinz Kind, disse que fornecer dados confiáveis sobre esse tipo de crime é parte vital da luta contra os traficantes de obras de arte.
Com a iniciativa, a Interpol espera que seja "muito mais difícil para um vendedor ou comprador alegar que não tenha tido a oportunidade de verificar se um item foi registrado como roubado".

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2009/08/121345-interpol+anuncia+criacao+de+site+para+divulgar+obras+de+arte+roubadas.html

Sem comentários: